LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Grades





Ao longe observo um céu carregado 
e vislumbro uma tempestade descontrolada!!!
Olho com mais atenção
e vejo-te qual louco á beira do abismo,
tecendo as grades da mais misera condição 
de clausura e solidão,
naquela que é, 
uma tormentosa descida ao inferno.
Sinto a tua agonia, as tuas lágrimas,
ouço o teu lamento, 
carregado e rasgado de dor,
longe dos brilhos e dos neons, 
que te cegaram e te perderam.
Vejo em ti um barco sem rumo á deriva,
sem um porto de abrigo!
Vejo em ti uma árvore vergada pelos anos
e pela tortuosa vida que escolheste...
vejo-te mergulhar no azul frio e vibrante,
onde te escondes atrás de uma máscara,
buscando frenéticamente,
 a ilusão do desencontro!
Olho com mais atenção
e vislumbro uma sutil sombra
de sentimentos desconhecidos em  ti...
medo, remorso, arrependimento...
No meu silencio, 
penso nas almas vitimadas
e o meu coração estremece,
num profundo pesar
 e lamento de alma,
pleno de compaixão.
Estendo-te as minhas mãos,
e através delas, 
lanço-te no anonimato,
sem saberes, sem te aperceberes,
raios de luz junto com o desejo 
que um dia aflore em ti a razão
 e entendas, 
a dimensão da tua culpa. 
Desejo ainda e apesar de tudo, 
porque não sou ninguém, 
para julgar alguém,
que um dia se não for tarde demais,
os teus olhos possam voltar a ver,
o infinito do céu azul 
tocando o teu amado rio,
o pássaro liberto... 
e finalmente possas sentir,
 a tão desejada paz!!!

A.A.A.


1 comentário:

  1. que essa paz seja sempre a escolha, precisamos dela!
    Beijos amiga!
    JU

    ResponderEliminar

Deixe aqui um pedaço de seu céu...